Sede própria da OAB/Duque de Caxias é inaugurada

0
9

A advocacia e a sociedade civil de Duque de Caxias já podem usufruir da sede própria da 2ª Subseção, inaugurada pela OAB/RJ na tarde desta quarta-feira, dia 5.

O terreno, cedido pela Prefeitura, fica próximo ao fórum e a outras serventias locais do Judiciário, e o espaço conta com central de peticionamento com computadores, escritórios compartilhados, sala de reunião e auditório para duzentas pessoas – que ficou pequeno para receber todos os presentes à inauguração.

Foto: Lula Aparício |   Clique para ampliarO presidente da OAB/Duque de Caxias, Vagner Sant’Ana, destacou a importância da nova sede e agradeceu aos presidentes que o antecederam no cargo, a diversas autoridades locais que colaboraram para o sucesso do projeto, além da Seccional e da “presença maciça” de presidentes de diversas subseções. “Todo esse terreno era um matagal, uma área abandonada. Em 2016, o [diretor do Departamento de Apoio às Subseções, Carlos André] Pedrazzi veio aqui, e disse que se conseguíssemos o terreno faríamos a sede. Com o apoio do Felipe e do Luciano, o sonho se realizou”, disse.

Foto: Lula Aparício |   Clique para ampliarO presidente da Ordem, Felipe Santa Cruz, ressaltou que a cessão do terreno pela prefeitura facilitou a realização do projeto. “É uma luta de muitos anos. Na advocacia muitas vezes ficamos no campo das palavras, é bom ver obras concretas. Vivemos tempos difíceis, mas durmo tranquilo porque sei que no Rio de Janeiro existem 150 mil advogados e advogadas trabalhando duro para enfrentar estes que são contra a advocacia, que são contra a democracia. Que não apenas a advocacia, mas que a cidadania de Duque de Caxias possa usufruir desse espaço”.

Foto: Lula Aparício |   Clique para ampliarO tesoureiro da Seccional e presidente da Comissão de Prerrogativas, Luciano Bandeira, também comparou a inauguração à realização de um sonho. “Disseram-me uma vez que o sonho, ao ser realizado, deixa de existir. Acho que não, ele deve continuar mesmo após sua realização, de outras formas. Tive o sonho de viver da advocacia, construir minha família, ver a subsede da Barra da Tijuca transformada em subseção. Realizamos tudo isso, mas o sonho de uma advocacia digna e combativa permanece”.
Foto: Lula Aparício |   Clique para ampliar

Membro vitalício do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinícius Coelho também compareceu à inauguração, e lembrou a boa atuação da OAB/RJ no que tange à defesa das prerrogativas. “Prerrogativas são fundamentais, em defesa não apenas do advogado, mas da sociedade. O cidadão não é inferior ao Estado, ao contrário, deve ser o centro gravitacional da sociedade democrática. Não à toa, o presidente da OAB/RJ é um líder da sociedade”, acrescentou.

Foto: Lula Aparício |   Clique para ampliarCompuseram também a mesa da solenidade a secretária-adjunta e diretora de Inclusão Digital da OAB/RJ, Ana Amelia Menna Barreto; o vice-presidente da Caarj, Fred Mendes; a presidente da OAB Mulher, Marisa Gaudio; o presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem, João Baptista Lousada Camara; o diretor do Departamento de Apoio às Subseções, Carlos André Pedrazzi; a presidente da OAB/Iguaba Grande, Margoth Cardoso, representando todos os presidentes de subseção; o presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, André Fontes; a diretora do Fórum de Duque de Caxias, Mafalda Luchesse; e a secretária de Educação e Cultura de Duque de Caxias, Daniela Reis. Todos receberam a medalha Fernando Félix, criada pela OAB/Duque de Caxias em 2016 e conferida a pessoas que se destacam na defesa da advocacia caxiense.
Estiveram presentes, ainda, diversas autoridades locais, presidentes de subseção, conselheiros e ex-presidentes da OAB/Duque de Caxias.

DEIXE UMA RESPOSTA