Ele tinha mandado de prisão e foi autuado em flagrante por associação ao tráfico e porte ilegal de arma. Diego Ferreira da Costa estava com uma pistola de uso restrito e dinheiro.

Homens da 64ª DP (São João de Meriti) prenderam na madrugada desta sexta-feira (22) Diego Ferreira da Costa, o Piu-Piu ou 2P, apontado como chefe do tráfico de drogas da Favela do Guarani, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Além de autuarem Piu-Piu em flagrante por associação ao tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, os policiais cumpriram um mandado de prisão em aberto expedido pela 1ª Vara Criminal de São João de Meriti.

A prisão ocorreu no bairro Jardim Metrópole. A polícia encontrou com ele uma pistola automática Glock de calibre restrito e R$ 1.500 em espécie.

Piu-Piu é apontado como chefe da Favela do Guarani, que pertence ao Complexo de São João, que tem ainda as favelas Vila Ruth, Andorinha e Norma, que são estratégicas e lucrativas para uma facção criminosa do Rio, diz a polícia.

Em 2015, uma operação da Polícia Civil já apontava ligação entre os traficantes da Baixada Fluminense com a facção criminosa carioca. Na época, a polícia provou que o então chefe da Favela do Guarani, Eliezer Miranda Joaquim, o Criam, ditava as ordens de dentro do presídio de Bangu 3 e repassava os lucros das vendas de drogas para a família do traficante Elias Maluco – preso em 2002, por ter ordenado a morte do jornalista Tim Lopes.

DEIXE UMA RESPOSTA