Prefeito de Japeri é preso e faz ameaças a jornalistas

0
18

Após ser preso na manhã desta quinta-feira, o prefeito de Japeri Carlos Moraes xingou e ameaçou jornalistas que acompanhavam a ação na Cidade de Polícia. Na sua casa , policiais civis apreenderam uma pistola, munição, R$ 34 mil e US$ 885.

— Vai para a pqp. Vai para a pqp. Imprensa corrupta! A gente resolve na Baixada – ameaçou, dirigindo-se aos repórteres Diego Haidar, da TV Globo e Adriana Oliveira, da Rede Record.

— O senhor está nos ameaçando? — perguntou o repórter Diego Haidar.

— Estou, estou, estou — respondeu Moraes, que é advogado e está em seu terceiro mandato como prefeito de Japeri, na Baixada Fluminense.

Ele foi levado para depor para a Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA). Lá, ao ir ao banheiro, voltou a fazer ameaças a fotógrafos erguendo o dedo indicador na direção deles e dizendo frases incompreensíveis.

O advogado de Carlos Moraes, Flávio Fernandes, disse que pelo que tomou conhecimento das investigações, ainda não encontrou indícios fortes que sustentem a prisão de seu cliente.

O prefeito Carlos Moraes (de preto), na Cidade da Polícia Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

— Japeri é um município com um dos menores índices de desenvolvimento humano do estado. É muita gente carente. E ele ouve muitas pessoas, conversa com a população. Ele pode ter conversado com esse tal de Breno (chefe do tráfico no Guandu), mas não há nada que indique a associação para o tráfico, nada — disse Flávio Fernandes.

DEIXE UMA RESPOSTA