Maioria da população da Baixada é de evangélicos. Seropédica lidera o ranking

1275

Os evangélicos estão em alta na Baixada. Nos 13 municípios, são mais de um 1,3 milhão de fiéis, segundo o Censo 2010. Nove cidades têm maioria evangélica. Seropédica lidera o ranking com 44% da população seguidores da religião.

A pastora Gícia Bacelar, do Templo Missionário Manancial da Fé, acredita que o alto índice se deva à procura de jovens pela igreja.

— Com o desemprego alto na cidade, os jovens não têm renda para se divertir. A igreja promove o acesso ao lazer com festividades, louvores e passeios. Ela ajuda a ressocializar o jovem que teve a vida perdida.

Na tentativa de afastar os jovens do caminho do “mundo”, como dizem os cristãos, vale até esticar o funcionamento da igreja. No bairro Campo Lindo, a Assembleia de Deus Ministério de Missões é conhecida como a “igreja das onze” porque encerra as atividades às 23h.

— Se os jovens vão lanchar num lugar onde ficarão expostos ao álcool ou às drogas, por exemplo, é melhor que lanchem aqui — explicou o pastor José Félix, presidente do templo.

Índice em alta

Em abril, uma pesquisa feita pela equipe do I Festival Gospel em Seropédica mostrou que o índice de evangélicos continua em alta.

— Identificamos 55% na cidade e 384 igrejas cadastradas — contou o pastor Valdir Almeida, da Assembleia de Deus Vivendo em Cristo, conhecido como pastor itinerante por promover eventos gospel na região.

Seguidores do islamismo em três cidades

Religiões como o islamismo e o budismo também têm números curiosos na Baixada. Magé é a cidade com maior percentual de budistas: 0,31%, que corresponde a 711 pessoas. Apesar de ter o índice mais alto da região, o número é menor do que o Censo 2000, quando 868 pessoas declararam seguir a religião. O islamismo aparece nos municípios de São João de Meriti, Nilópolis e Nova Iguaçu com 0,01% da população.

Vivência religiosa

Para o reverendo Guilhermino Cunha, presidente da Catedral Presbiteriana do Rio, o crescimento do número de evangélicos vai continuar, mas ele vê com apreensão.

— Não basta crescer só em números, mas também na vivência do Evangelho. O aumento dos evangélicos deveria significar menos violência, menos presos, menos crianças abandonadas.

Japeri é a cidade com maior população sem religião. São 28.463 pessoas.

A fé nos municípios

  • Belford Roxo
    Evangélicos lideram: 37,13%.
  • Duque de Caxias
    Os católicos são 35,08% e os evangélicos.
  • Guapimirim
    35,81% são católicos e 25,43% não têm religião.
  • Itaguaí
    Católicos:32,53% e evangélicos, 41,37%.
  • Japeri
    Líder dos sem religião: 29,81%
  • Magé
    Lidera o ranking dos católicos, com 39,73%.
  • Mesquita
    A cidade tem 34,10% de católicos e 37,76% de evangélicos.
  • Nilópolis
    39,21% da população são católicos. Os evangélicos constituem 33%.
  • Nova Iguaçu
    Tem 33,09% de católicos e 36,94% de evangélicos.
  • Paracambi
    Os católicos são 33,95% e os evangélicos, 35,87%.
  • Queimados
    Na cidade, os evangélicos são maioria com 42,82%.
  • São João de Meriti
    36,59% de católicos e 35,54% evangélicos.
  • Seropédica
    Campeão de evangélicos na Baixada. São 34.413.
Fonte: Jornal Extra

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui