Festival Internacional de Harpas tem programação gratuita no Rio

283

Evento chega á sua 13ª edição e reúne trinta e dois artistas de vinte países 

Até o dia 03 de junho o Rio vai ser a capital das harpas.Nesta edição serão mais de 100 concertos com trinta e dois músicos de vinte países, incluindo importantes brasileiros, que se apresentam no evento anual que acontece já há 12 anos sem interrupção e com recitais lotados. O festival teve abertura no dia 1o de maio e acontece em outros pontos turísticos da cidade, como no Forte de Copacabana, Ilha Fiscal, Iate Clube, Jockey Club, e tem encerramento no AquaRio, no dia 1º. de junho, com concerto da Camerata Uerê, da Comunidade da Maré, com a participação especial de J. Vandevelde, artista da Bélgica que se apresenta com harpa-dupla.

O XIII RioHarpFestival comemora seus 13 anos e dedica o mês de maio a ressaltar o instrumento. O evento é uma iniciativa do projeto Música no Museu, que há 21 anos de atividades, registra um público superior a 1.000.000 de espectadores de Norte a Sul do Brasil e se expandiu para cidades de países de todos os continentes, levando a música e os músicos brasileiros para o exterior. Considerada a maior série de música clássica do Brasil e detentor de mais de 30 prêmios nacionais e internacionais. 

Segundo Sergio da Costa e Silva, criador e diretor do festival o roteiro internacional da HARPA, o XIII RioHarpFestival transforma a cidade carioca na sua capital mundial com diversas apresentações e estilos musicais. ” O festival é consolidado, com ritmos musicais que variam desde a música antiga, do clássico ao rock, passando por étnico, jazz, heavy metal e também aos ritmos brasileiros, latino-americanos, europeus com todos os tipos de harpas desde a clássica tocada nas orquestras a regionais como, a llanera, diferente da celta, que não se assemelha à paraguaia, por exemplo.Vários artistas têm composto novas obras, contribuindo para que o instrumento não fique parado no tempo.”, declarou.

Muitas são as nacionalidades presentes no rol de atrações do XIII RioHarpFestival: italiana, portuguesa, belga, africana do sul, japonesa, colombiana, argentina, paraguaia, austríaca, espanhola, americana, e brasileira, dentre outras.

A cidade de São Paulo também entra no circuito do festival, que cresce a cada edição, confirmando a potência de um dos mais delicados instrumentos musicais e também já mostra sua repercussão internacional se expandindo para a Europa, com concertos em Lisboa e Coimbra, em Portugal e, em Madrid, na Espanha.

XIII RioHarpFestival 2018 | De 1o de maio a 3 de junho no Rio de Janeiro
Programação gratuita, classificação livre
SERVIÇO – LOCAIS

1 de maio, terça-feira | AberturaCCBB | Teatro II
15h – Les Alizés: Claire Le Fur, harpa (França)

17h – Athy, harpa elétrica (Argentina)
2 de maio, quarta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Les Alizés: Claire Le Fur, harpa (França)

15h – Athy, harpa elétrica (Argentina)

18h – Baltazar Juarez, harpa (México)
3 de maio, quinta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Les Alizés: Claire Le Fur, harpa (França)
15h – Athy, harpa elétrica (Argentina)
18h – Baltazar Juarez, harpa (México)
4 de maio, sexta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Baltazar Juarez, harpa (México)
15h – masterclass com Athy (Argentina)

18h – Eve Matin, harpa (Peru)
5 de maio, sábado
CCBB | Teatro II
13h – Eve Matin, harpa (Peru)
15h – Eve Matin e Top Five, harpa/orquestra de violoncelos e baixo (Peru e Brasil)
18h – Camerata Uerj, com participação especial de Susanna Bertuccioli, harpa (Itália/Brasil)

6 de maio, domingo
CCBB | Teatro II
13h – Eve Matin, harpa (Peru)
15h – Susanna Bertuccioli, harpa (Itália)

18h – Alessandra Magrini, harpa (França)
7 de maio, segunda-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Susanna Bertuccioli, harpa (Itália)
15h – masterclass com Alessandra Magrini (França)

18h – Alessandra Magrini, harpa (França)
8 de maio, terça-feira
Forte de Copacabana
12h30 – Alessandra Magrini, harpa (França)
15h – Kristan Toczko, harpa (Canadá)

18h – Carolina Vega e Daniel Vega, harpa/cuatro (Colômbia)
9 de maio, quarta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Kristan Toczko, harpa (Canadá)
15h – Harper Duo: Cesar Moya e Fabiola Harper, harpa/guitarra (Chile)

18h – Carolina Vega e Daniel Vega, harpa/cuatro (Colômbia)
10 de maio, quinta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Carolina Vega e Daniel Vega, harpa/cuatro (Colômbia)
15h – masterclass com Harper Duo: Cesar Moya/Fabiola Harper, harpa/guitarra (Chile 18h – Kristan Toczko, harpa (Canadá)

11 de maio, sexta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Harper Duo: Cesar Moya/Fabiola Harper, harpa/guitarra (Chile)
15h – Duo Orquidea: Yessika Segura e Catalina Arias, harpa/tiple (Colômbia)
18h – Vedrana Subotic, piano (EUA)

12 de maio, sábado

CCBB | Teatro II
13h – Duo Orquidea: Yessika Segura e Catalina Arias, harpa/tiple (Colômbia)
15h – Grupo Arpa: Patrice Fisher, harpa (EUA)
18h – Lucas Zaracho, harpa (Paraguai)

13 de maio, domingo
CCBB | Teatro II
13h – Grupo Arpa: Patrice Fisher, harpa (EUA)
15h – Duo Orquidea: Yessika Segura e Catalina Arias, harpa/tiple (Colômbia)
Ilha Fiscal (a confirmar)

17h – Luiz Zaracho, harpa (Paraguai)
14 de maio, segunda-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Grupo Arpa: Patrice Fisher, harpa (EUA)
15h – Edith Gasteiger, harpa (Áustria)
18h – Lucas Zaracho, harpa (Paraguai)
Jockey Clube

20h – Jennyfer Polet Santiago, harpa (México)
15 de maio, terça-feira
Forte de Copacabana
12h30 – Jennyfer Polet Santiago, harpa (México)
15h – Grupo Arpa: Patrice Fisher, harpa (EUA)
18h – Camerata Uerj, com participação especial de Jennyfer P. Santiago, harpa (Brasil/México)
Iate Clube

20h – Edith Gasteiger, harpa (Áustria)
16 de maio, quarta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Edith Gasteiger, harpa (Áustria)
15h – Jennyfer Polet Santiago, harpa (México)
18h – Eduardo Viveros, harpa (México)

17 de maio, quinta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Eduardo Viveros, harpa (México)
15h – Grupo Jaffer, música oriental (Índia/Brasil)

18h – Vanja Ferreira, harpa (Brasil)

18 de maio, sexta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Eduardo Viveros, harpa (México)
15h – Phelipe Aldana, harpa (Colômbia)
18h – Trio Kagurazaka, música japonesa (Japão/Brasil)
19 de maio, sábado
CCBB | Teatro II
13h – Phelipe Aldana, harpa (Colômbia)
15h – Eduardo Viveros, harpa (México)
18h – Cynthia Valenzuela, harpa (México)

20 de maio, domingo
CCBB | Teatro II
13h -Phelipe Aldana, harpa (Colômbia)
15h –Duo Mikuskovics Baum, harpa/multi-instrumento (Áustria)

18h – Cynthia Valenzuela, harpa (México)
21 de maio, segunda-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Cynthia Valenzuela, harpa (México)
15h – Duo Mikuskovics Baum, harpa/multi-instrumento (Áustria)

18h – Daniel Zanatta, harpa (Brasil)
22 de maio, terça-feira
Forte de Copacabana
12h30 – Cynthia Valenzuela, harpa (México)
15h  – Duo Mikuskovics Baum, harpa/multi-instrumento (Áustria)

18h  – Esteban Guzmán, harpa (Colômbia)
23 de maio, quarta-feira

CCBB | Teatro II
12h30 – Duo Norma H. Rodrigues, harpa, e Ana Carolina, flauta, com a participação da mezzosoprano Jurema Fontoura (Brasil)
15h – Esteban Guzmán, harpa (Colômbia)

18h – Grupo Jaffer, música oriental (Índia/Brasil)
24 de maio, quinta-feira
CCBB | Teatro II
12h30: – Esteban Guzmán, harpa (Colômbia)
15h – Duo Norma H. Rodrigues, harpa, e Ana Carolina, flauta, com a participação da mezzosoprano Jurema Fontoura (Brasil)

18h – Trio Vanja Ferreira, harpa, Damu Telek, violoncelo, e Igor Levy, flauta (Brasil)
25 de maio, sexta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Duo Norma H. Rodrigues, harpa, e Ana Carolina, flauta, com a participação da mezzosoprano Jurema Fontoura (Brasil)

15h – Kobie du Plessis, harpa (África do Sul)
18h – Martin Albarracin, harpa (Colômbia)

26 de maio, sábado
CCBB | Teatro II
13h – Martin Albarracin, harpa (Colômbia)
15h – Edmar Castañeda, harpa (Colômbia)
18h – Kobie du Plessis, harpa (África do Sul)
Forte de Copacabana

18h30 – Orquestra Violões do Forte, com participação de Martin Albarracin, harpa (Brasil/Colômbia)
27 de maio, domingo
CCBB | Teatro II
13h – Kobie du Plessis, harpa (África do Sul)
15h – Martin Albarracin, harpa (Colômbia)

18h – Edmar Castañeda, harpa (Colômbia)
28 de maio, segunda-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Martin Albarracin, harpa (Colômbia)
15h – Naja Moháric, harpa (Eslovênia)

18h – Diane Pauvert, harpa (França)
29 de maio, terça-feira
Forte de Copacabana
12h30 – Diane Pauvert, harpa (França)
15h – Naja Moháric, harpa (Eslovênia)

18h – Camerata do Uerj, com participação de Jacques Vandevelde, harpa dupla (Bélgica/Brasil)
30 de maio, quarta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Diane Pauvert, harpa (França)
15h – Naja Moháric, harpa (Eslovênia)

18h – Jacques Vandevelde, harpa (Bélgica)
31 de maio, quinta-feira
CCBB | Teatro II
12h30 – Jacques Vandevelde, harpa dupla, e Ensemble Carioca (Bélgica/Brasil)
15h – masterclass com Jacques Vandevelde, harpa dupla

1 de junho, sexta-feira
AquaRio

15h – Camerata da Uerj, com participação de Jacques Vandevelde, harpa dupla (Bélgica/Brasil)
2 de junho, sábado
Forte de Copacabana
15h – Orquestra de Pandeiros, com participação de Jacques Vandevelde, harpa dupla (Bélgica/Brasil)
Palácio São Clemente

18h – Luiz Carlos de Moura Castro, piano (Brasil)
3 de junho, domingo
Forte de Copacabana:
15h – Orquestra de Pandeiros (Brasil)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui