Escolinha de vôlei de praia em Nova Iguaçu treina alunos para serem cidadãos

Não tem o mar, mas tem a areia!

1073

Nem Copacabana, nem Ipanema… As areias mais famosas da Baixada ficam bem no Centro de Nova Iguaçu, na Praça do Skate. Sem precisar ir à Zona Sul, o Centro de Treinamento Carlão Silva, de vôlei de praia, alimenta o sonho de centenas de jovens. volei-ni-baixada fluminenseO ex-jogador de vôlei de praia Antônio Carlos da Silva, 42, sempre acreditou na força do esporte para educar. Atleta profissional por mais de 10 anos, Carlão, como é conhecido, abriu mão da carreira para se dedicar ao Centro de Treinamento, projeto que desenvolve na cidade desde novembro de 2002.

O principal objetivo, segundo Carlão, não é formar novos atletas, mas sim cidadãos de bem. “Cada vez mais adolescentes se envolvem com as drogas e a violência. O vôlei é a ferramenta de educação que usamos para mostrar um outro caminho”, afirma.

Podem participar meninos e meninas de 8 a 20 anos, desde que cumpram duas condições: estar matriculado em uma escola e sempre com boas notas no boletim.

Além disso, é preciso atestado médico, comprovante de residência e duas fotos 3×4. As aulas são gratuitas.
Pelo menos quatro vezes por mês Carlão dá palestras em escolas da região para atrair novos alunos. “Queremos despertar sonhos nessa juventude”, ressalta.

E da quadra de Nova Iguaçu já saíram alguns talentos como o atleta Carlos Luciano, que já conquistou o primeiro lugar no ranking do Campeonato Brasileiro, na categoria sub-23.

O último destaque que saiu daqui foi Giovanna Gonçalves. Ela venceu a etapa de vôlei de praia do Brasileiro sub-21. No mesmo caminho está Julia Viceconti, que foi para o infantil do Fluminense.

volei-carlao-baixada fluminense“É muito bom para o atleta ter um espaço como este, pois muita gente não tem condições de bancar os treinos na zona Sul”, diz Carlão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.