Coreia do Norte diz que EUA está ‘pedindo por uma guerra’

Comunicado divulgado por agência estatal do regime faz ameaças ao governo americano caso novas sanções sejam impostas

153

A Coreia do Norte divulgou comunicado em que afirma que irá responder do “próprio jeito” a qualquer nova sanção que possa ser imposta ao pais, após o último teste de míssil no domingo, considerado o mais forte já lançado pelo regime de Pyongyang.

Segundo a agência estatal norte-coreana KCNA, o ministério de Relações Exteriores do país criticou os Estados Unidos por liderarem a campanha por novas sanções no Conselho de Segurança da ONU e que os comentários de Donald Trump, presidente americano, e da embaixadora do país na ONU, Nikki Haley, sugerem que os EUA estão “pedindo por uma guerra”. Ontem, Haley usou a mesma expressão ao se referir ao teste de míssil norte-coreano.

O comunicado ainda traz ameaças aos EUA, de que país será totalmente responsável por “consequências catastróficas” de seus atos e que cometeram um “erro terrível” se pensam que podem “assustar” o regime de Kim Jon-un.

Após a agência estatal norte-coreana KCNA afirmar que o regime de Kim Jong-un irá responder “do nosso próprio jeito” a qualquer nova sanção aplicada pelos EUA. De acordo com a Coreia do Norte, os comentários do presidente americano, Donald Trump, sugerem que “ele está pedindo por uma guerra”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.