História

A origem do nome ‘Queimados’

A origem do nome 'Queimados'

Em 29 de março de 1858, a família imperial, a bordo do primeiro trem da Estrada de Ferro D. Pedro II, seguia em missão especial para inaugurar o trecho de 48 km compreendido entre a Estação do Campo até Queimados. A população do lugarejo, que assistiu a solenidade, sentiu-se honrada pela visita do Imperador e entendeu aquele momento como sendo o instante oficial da inauguração do povoado de Queimados.

No século XVIII, a localidade onde está situado o Município de Queimados fazia parte das terras da freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Marapicu. Esta foi a última das freguesias do então Município de Iguassu, que era posto ainda pelas freguesias de Nossa Senhora da Piedade do Iguassu, Santo Antonio da Jacutinga, Nossa Senhora do Pilar e São João de Zmiriti. A Freguesia de Nossa Senhora do Marapicu, por sua importância economica, acabou recebendo o titulo de Freguesia Perpétua.

Com a expansão da economia cafeeira, em meados do século XVIII, foi construída a Estrada de Ferro D. Pedro II, trazendo mais prosperidade ä região. O projeto inicial desta ferrovia previa a extensão dos trilhos até a Freguesia de Nossa Senhora de Belém e Menino Deus, atual Jacutinga, que chegou a construir um prédio para sediar a estação. Porém, milhares de operários chineses, construtores da estrada, foram vítimas de Malária e por epidemias de cólera, que arrasou toda a Colônia, em 1855. Como a morte dos operários chineses iria retardar o prosseguimento das obras da via férrea, rapidamente foi construída a Estação de Queimados.

Segundo a história, a origem do nome do município deve-se a este acontecimento, uma vez que os chineses tinham por costume queimar os seus mortos. Este costume criou entre os populares, que tinham que passar pelo local onde os corpos haviam sido queimados, a seguinte forma de indicar o caminho: “vou pela estrada dos queimados”, o que acabou por nomear o local.

Desde 1833, a Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Marapicu correspondia a um Distrito Eclesiástico, que era subordinado á Câmara da Cidade do Rio de Janeiro, representado por um Intendente que ficava em Nova Iguaçu, naquela época Vila de Iguassu. Marapicu e Queimados estiveram, durante muito tempo, disputando a sede deste distrito. Em 1944, sob o decreto Lei Estadual, nº l063, Queimados passa a ser o 2º Distrito de Nova Iguaçu.

Queimados é conhecido pelo crescimento industrial

Queimados é conhecido pelo crescimento industrial

Há três versões mais prováveis para o nome “Queimados”. A primeira diz que, quando o imperador Dom Pedro I passou por aquela região, por ocasião da inauguração da estação de trem, viu uma grande queimada que estava sendo feita dos laranjais nos morros e chamou o lugar de “Morro dos Queimados”. A segunda versão diz que o nome é referente aos corpos de leprosos queimados, aos montes, que morriam em um leprosário que ali existia, onde hoje fica a Estrada do Lazareto, uma das principais vias do município. Há ainda uma terceira versão, que afirma que o nome da cidade provém dos escravos fugidos das fazendas, que eram mortos e tinham seus corpos queimados pelos seus senhores.

Emancipação 
Em 25 de novembro de 1990, o município foi emancipado de Nova Iguaçu através de um plebiscito. Logo depois, a votação foi  transformando em lei municipal nº 1.773, em 21 de dezembro de 1990. O aniversário da cidade é comemorado oficialmente no dia de 25 de novembro.
Indústrias 
Queimados possui uma área de 76 km² de extensão compostas por zonas rurais e urbanas, mais de 115 bairros e com uma população de mais de 160 mil habitantes. Por se localizar as margens da via Presidente Dutra, diversas indústrias se instalaram na região mais especificamente no Distrito Industrial.
Em 2009, apenas sete empresas estavam instaladas. Atualmente, o complexo industrial de 2,3 milhões de m² é composto por 13 empresas, sendo 32 em fase de instalação. O “boom” industrial é resultado da combinação do incentivo fiscal com as condições logísticas favoráveis. A Lei Estadual n° 5.636, que entrou em vigor em janeiro de 2010, reduziu o ICMS de 19% para 2%.

Hino de Queimados

“Num passado mui remoto
Na freguesia de Marapicu
Iniciamos nossa história
No município de Iguaçu
Nosso nome tem história
De escravos, leprosos, imperador
Não importa sua origem
hoje tem o seu valor!
Queimadenses, eia avante!
Prossigamos sem temer
Nossa história é de lutas
Mas com Deus vamos vencer!
Do escravo ao imigrante
Da fazenda ao loteamento
Freguesia a Distrito
Hoje cidade livre como o vento
Superemos as barreiras
E lutemos por um ideal
Ver feliz a nossa gente

Triunfantes afinal!”


End: Rua Hortência, 254 – Centro Queimados – RJ, 26383-250

3 COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.