Conheça o novo Renault Kwid 2018

190

Este carro é um dos lançamentos de 2017 que chegou para revolucionar o mercado automobilístico brasileiro. A Renault investiu milhões em publicidade e conseguir tornar o carro tão famoso que ele chegou às lojas com uma enorme fila de espera. Depois da propagando com o incrível Hulk o Renault Kwid começou a circular nas ruas em meados de agosto, como se já fosse um velho conhecido dos clientes.

Somente com a estratégia de divulgação a montadora recebeu quatro mais encomendas de compra durante o período de pré-vendas que aconteceu pela internet. O sucesso foi tão grande entre os consumidores que para garantir um exemplar já na primeira semana de lançamento, os clientes pagaram R$ 1.000 antecipadamente no cartão de crédito, sem ao menos conhecer o carro pessoalmente nas lojas.

Foto: Renault Kwid (Reprodução)

Em meio a diversidade de marcas e modelos, o Renault Kwid chega com um preço muito competitivo e características que diferem ele dos seus concorrentes. O modelo é um compacto com cara de SUV, com o preço inicial de R$ 29.990,00, uma exceção à regra, já que os carros mais vendidos estão todos na faixa acima de R$ 30 mil.

Como o Kwid chegou fazendo sucesso, a montadora já anunciou que o modelo vendeu quatro vezes o número esperado para o seu lançamento, e com as metas que vem batendo nestes meses, pode integrar a lista dos mais vendidos do país ainda este ano. A expectativa com as vendas retomou o terceiro turno de trabalho da fábrica de Renault, em São José dos Pinhais/PR.

Chegou e está ganhando mercado

Mas foi somente a estratégia de marketing que fez com que o Renault Kwid ganhasse este espaço em um mercado com uma infinidade de opções entre carros usados e novos? Ao que tudo indica, pela satisfação dos clientes, a resposta seria não. O preço foi um dos fatores mais atraentes para os consumidores investirem em um carro novo no mercado.

Um carro que apresenta boas condições de segurança, um design arrojado, robusto e com um grande espaço interno. Claro que estratégia da primeira revisão gratuita e cinco anos de garantia de fábrica do veículo também pesaram na decisão de compras às cegas que os clientes fizeram.

O Kwid à primeira vista não é considerado um compacto. Ele é mais alto em relação aos seus concorrentes, tem um bom espaço interno para os passageiros, que se acomodam bem nos bancos e se sentem mais altos, gerando a sensação de conforto tanto para o motorista quanto para os passageiros.

Em todas as versões o Kwid entrega para os seus clientes um conjunto com quatro airbags (dois frontais e dois laterais), o que difere este modelo de seus concorrentes no quesito segurança. Normalmente, a quantidade de airbags também encarece o preço final do carro, mas neste modelo a Renault trabalho a composição já de fábrica.

A versão básica que está bem equipada

O Renault Kwid chega às lojas e a vida dos brasileiros em três versões: Life, Zen e Intense. A motorização de todas as versões é a mesma que a montadora usa nos seus modelos Logan e Sandero, o motor 1.0 flex foi remodelado e o trabalho executado é mais simples, já que não tem o duplo comando variável das válvulas. Assim, o motor chega a 70 cv quando utilizado com etanol.

Segundo as primeiras impressões do carro, o consumo médio do Kwid na cidade é de 15,2 km/l na gasolina. Este consumo é considerado bom pelo peso e conforto que o carro proporciona para os ocupantes. Em relação a caixa de câmbio, o Kwid chegou na versão manual, mas deverá receber ajustes e uma nova versão automática nos próximos meses.

  • Kwid Life: está é a versão mais básica e também é a mais barata. O Kwid conta com quatro airbags laterais e frontais, um diferencial entre os concorrentes, além das rodas de aro 14 e indicadores de troca de marchas. Um bom conjunto de acessórios para um carro básico, que normalmente é vendido sem nada. Esta versão está sendo comercializada desde a pré-venda por R$ 29.990,00.
  • Kwid Zen: essa é uma versão acima, que já conta com opcionais interessantes. Com ar condicionado, direção elétrica, travas elétricas e vidros dianteiros elétricos, além da opção do rádio com bluetooth e USB. Esta configuração, para os clientes que buscam o mínimo de conforto está sendo vendida a partir de R$ 34.990,00, que pode variar dependendo dos opcionais instalados na loja.
  • Kwid Intense: essa é a versão mais completa do modelo, que chega às lojas com acessórios dotados de muita tecnologia. A central multimídia Media Nav 2.0 conta com câmera de ré acoplada. Os retrovisores são elétricos, os faróis de neblina cromados, o porta-malas tem abertura elétrica de dentro do veículo, as rodas são de liga leve e a chave canivete. Esta versão está sendo comercializada por R$ 39.990,00.

Custo e benefício do Renault Kwid

Nas primeiras impressões do comportamento do carro no uso diário a relação entre o custo e benefício da compra às cegas tem sido positiva para os clientes. Um carro com motor potente para 1.0, que tem uma boa retomada de velocidade, apesar de seu tamanho maior que dos concorrentes, e que tem um consumo médio de combustível baixo, em relação à alguns carros da concorrência.

Se a Renault permanecer com o valor de entrada do carro no mercado pode haver um aquecimento ainda maior nas vendas, já que as outras marcas precisarão fazer promoções e bonificar seus clientes para que eles não migrem para o novo Renault Kwid. Segundo a montadora, a maioria dos clientes que adquiriram o novo Kwid estavam insatisfeitos com outras marcas e preferiram a mudança.

Não somente por ser imponente e ter um preço bem competitivo, o Renault Kwid promete remexer o mercado automobilístico já que a concorrência vai precisar correr atrás do prejuízo para recuperar seus clientes que estão fascinados pelo design arrojado, pelo SUV compacto e pelos preços atrativos que estão sendo praticados. Existe aí uma possibilidade de ter nascido um novo campeão de vendas no mercado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.