Casal Bezalel e Deborahde de “Os Dez Mandamentos” conquista público

2080

Assim como o casal Perina, formado pelos personagens Karina (Isabela Santoni) e Pedro (Rafael Vitti) da última temporada de “Malhação”, a novela “Dez Mandamentos”, da Record, também tem um par “shippado”, ou seja, adorado pelo público na internet.

Pérola Faria e Igor Cosso interpretam o casal Deborah e Bezalel em "Os Dez Mandamentos"
Pérola Faria e Igor Cosso interpretam o casal Deborah e Bezalel em "Os Dez Mandamentos"

Trata-se do casal Deborah (Pérola Faria) e Bezalel (Igor Cosso), chamados no Twitter de Dezalel. Em entrevista ao UOL, o ator de 24 anos, conta que foi a própria Pérola quem criou o apelido, logo que o envolvimento dos personagens começou na trama.  “Fiz uma votaçãozinha na internet e os fãs escolheram o nome”, confirma a atriz.

Foi só na última segunda-feira (8), no entanto, que o apelido “pegou” e foi parar nos Trending Topics, os assuntos mais comentados do Twitter, durante a exibição do primeiro beijo do casal. “Estava no Twitter e comecei a receber um monte de mensagens e prints comemorando o beijo do casal”, lembra Igor.

Reprodução/Twitter/osdezmandamentos
Deborah (Pérola Faria) e Bezalel (Igor Cosso) dão primeiro beijo em cena de "Os Dez Mandamentos"

Trama de adultério foi mudada

Pérola também se diz feliz com a relação dos personagens e conta que estava escalada para viver outro papel. Inicialmente, ela seria Hanna, casada com o hebreu Datã (Bruno Padilha). O romance com Bezalel estava previsto, mas seria uma relação extraconjugal, o que foi alterado.

“Gostei da mudança, e acho que o público se identifica mais com essa coisa da pureza deles. Bezalel é um mocinho bonzinho, o genro que toda sogra queria ter, e ele faz de tudo para conquistá-la”, opina Pérola.

Na trama, Bezalel é hebreu, mas foi criado no palácio do faraó Ramsés (Sérgio Marone), pois seus pai e avô trabalham lá. Ele se apaixona por Deborah, que o vê com preconceito pela proximidade com o povo egípcio. Bezalel então decide deixar o palácio para se casar com a amada.

“Eles têm essa coisa do primeiro amor. Hoje em dia é tão difícil viver um encantamento do jeito que eles vivem”, opina Igor.

Pragas fizeram assédio aumentar

Nas próximas semanas vão ao ar os preparativos para o casamento do par, mas Pérola avisa que não será uma cerimônia tão grandiosa como a de Moisés (Guilherme Winter) e Zípora (Gisele Itié). “Vai ser uma coisa mais fechada, escondida, até porque a Deborah está muito preocupada com esses tempos de mudança causada pelas pragas”, adianta Pérola.

As cenas que mostram a população egípcia sofrendo as consequências da ira de Deus foram responsáveis por trazer mais público à novela, que em 4 de setembro, ficou bem próxima de “A Regra do Jogo”, folhetim da Globo, no Ibope. Igor e Pérola contam que desde que Arão (Petrônio Gontijo) tocou o rio Nilo fazendo água virar sangue, o assédio nas ruas aumentou.

“No início, grande parte das pessoas que me abordavam eram religiosos que queriam ver a história da Bíblia na TV. Nas últimas semanas, isso mudou, são pessoas de todas as religiões que estão interessadas na história mesmo. Nenhum personagem que fiz antes teve tanta repercussão”, diz Igor, que antes de Bezalel trabalhou em “Malhação” e “Amor Eterno Amor”, da Globo.

Há oito anos na Record, Pérola, que integrou o elenco da novela adolescente “Rebelde”, conta que também viu a popularidade de “Dez Mandamentos” aumentar. “Há muito tempo que eu não via isso [repercussão de uma novela]. Em ‘Rebelde’ tinha muito assédio, mas era mais do público infantil, agora sempre que eu saio as pessoas vem falar”, conta.

Fonte: UOL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.