7 COISAS QUE IMPEDEM SEUS MÚSCULOS DE CRESCEREM AO MALHAR

0
32

Se você não frequenta diariamente uma academia, certamente você tem uma amigo ou parente que sim.

Não importa o que ele faça, simplesmente parece que não está ocorrendo nada em seu corpo, continua praticamente o mesmo de antes de começar a malhar. Bom, isso pode ter vários motivos.

Para conseguir definir os músculos do corpo mais rápido, acelerar o treino, sem diminuir a intensidade do mesmo é uma saída. Não basta somente praticar exercícios, uma dieta equilibrada é fundamental para o desenvolvimento dos músculos. O treino de musculação também deve ser feito com base e objetivo no crescimento muscular.

Bom, pensando nisso, nós do Ultra Curioso, trouxemos para nossos leitores que estão tentando ficar sarados, algumas coisas que podem impedir seus músculos de crescerem:

1 – Muita proteína e pouco carboidrato

Muitas pessoas acreditam que o carboidrato é o principal inimigo para quem quer ter uma alimentação saudável. Não é bem assim, o carboidrato é a principal fonte de energia do nosso organismo, na falta desse nutriente, o nosso corpo começa a consumir proteína, impedindo que ele construa massa muscular. Então, uma das melhores maneiras de você aproveitar a proteína é fundamental que haja quantidade suficiente de carboidrato.

2 – Ir e voltar da academia sem comer

Se alimentar bem antes e depois da prática de exercícios é fundamental para melhorar o seu desempenho e fazer com que aproveite mais os nutrientes ingeridos. Uma alternativa usadas por muitas pessoas é ingerir antes do treino um lanche á base de carboidratos completos de baixo índice glicêmico, que liberam energia constante. Depois é importante combinar carboidratos e proteínas para a formação de músculos.

3 – Gordura fora da alimentação

Para que nosso organismo funcione bem, ao contrário de que muitos acreditam, as gordura também são muito importantes. Para as pessoas mais estérias com o assunto a dica é consumir gorduras boas, como: poli e monoinsaturadas, que saciam e fornecem energia, além de proteger o coração e adiar o envelhecimento dos músculos.

4 – Pular refeições

A pessoa que deseja ter crescimento muscular deve se alimentar no mínimo, a cada três horas. “Para que a massa muscular seja desenvolvida, em nenhum momento o organismo pode ficar sem a disponibilidade de nutrientes”, contra o nutricionista Israel Adolpho. Fazer apenas três refeições por dia pode determinar a falta de combustível para a hipertrofia muscular, impedindo que o ganho de músculos atinja seus níveis ideais.

5 – Apostar somente no suplemente alimentar

Os suplementos alimentares podem ser bons aliados inicialmente, mas sempre devem ser indicados por um profissional. O que você deve entender é o consumo equilibrado de nutrientes. A nutricionista Leila Froeder explica que o consumo exagerado de proteínas por meio de suplementos leva o organismo a usar o nutriente como fonte energética, se não houver a quantidade necessária de carboidratos na dieta, gerando toxinas que sobrecarregam os rins e causam perda óssea.

6 – Bebida alcoólica

O álcool causa desidratação, sobrecarrega órgãos como rins, fígado e cérebro, afeta a força e o equilíbrio e ainda az com que a reserva de glicogênio hepático, matéria prima da formação dos músculos, seja comprometida, levando a uma diminuição do rendimento do treino, diz Israel Adolpho. “Se o objetivo for o ganho de massa muscular, o praticante deve evitar o consumo de álcool pelo menos entre as sessões de treino”, explica Israel.

7 – Recuperação insuficiente

É muito importante para o processo de crescimento muscular o corpo se recuperar de cada sessão de treino. Se você não tenha um período de repouso adequado, o desenvolvimento e crescimento muscular só ocorre se estímulo causa micro-lesões nas fibras musculares e o corpo consegue recuperar até a próxima sessão de treino.

E ai, o que acharam da matéria? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

DEIXE UMA RESPOSTA