46º Exame de Estágio em Direito na PGE-RJ: inscrições abertas

Os candidatos terão isenção de taxa de inscrição e poderão concorrer a vagas para a Capital, Niterói, Duque de Caxias e São Gonçalo. O estágio é de quatro horas diárias e dá direito a bolsa-auxílio de R$ 920 mensais e auxílio-transporte.

63

Estão abertas as inscrições para o 46º Exame de Seleção para o Estágio de Prática Forense e de Organização Judiciária da Procuradoria-Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ), nas cidades do Rio de Janeiro, Niterói, Duque de Caxias e São Gonçalo.

Nesta edição, as inscrições serão gratuitas e devem ser feitas a partir do dia 7 de novembro até o dia 22. A prova será realizada no dia 7 de dezembro, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

As inscrições podem ser feitas através do site www.pge.rj.gov.br ou na sede,​ situada na Rua do Carmo, 27  (2º andar), no Centro do Rio de Janeiro – de segunda-feira a sexta-feira, das 11 às 17 horas – exceto feriados e pontos facultativos.

Pré-requisito – Poderão se inscrever estudantes de Direito que estejam cursando, no ato da inscrição, até o 9º período letivo (para o regime de períodos semestrais) ou até o penúltimo semestre (para o regime seriado anual).

Cotas – A PGE-RJ reservará 20% das vagas aos negros e índios e 10% às pessoas portadoras de deficiência. Os candidatos beneficiários das cotas deverão declarar sua condição no formulário de inscrição.

Convocação – Serão convocados, por ordem de classificação, tantos candidatos quantos sejam necessários para atender as necessidades da Procuradoria.

Os aprovados receberão bolsa-auxílio de R$ 920 mensais e auxílio-transporte. O estágio será de quatro horas diárias.

Sobre o Exame – A prova será objetiva, de caráter eliminatório, e terá 50 questões de múltipla escolha sobre: Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil e Língua Portuguesa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.