Secretário do RJ diz que vai à Justiça para garantir salários da Faetec

Pedro Fernandes diz que irá ao Ministério Público e ao judiciário para manter o pagamento dos professores da Faetec, como informou o jornalista Edmilson Ávila.

0
20

O secretário de Ciência e Tecnologia e Desenvolvimento Social do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes, disse que entrará na Justiça contra o próprio Governo do Estado caso o atraso no pagamento dos funcionários da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) não seja resolvido dentro dos próximos 30 dias.

A informação foi dada pelo jornalista Edmilson Ávila, durante a primeira edição do RJTV desta segunda-feira (6).

A gente tem que conscientizar e convencer o governo que os funcionários da Faetec precisam receber o mesmo tratamento que o pessoal da Educação recebe. Se os profissionais de uma escola de ensino médio que é da Secretaria de Educação recebe em dia, os professores de uma unidade da Ciência e Tecnologia também precisam receber em dia“, disse o secretário, durante visita à unidade da Faetec em Marechal Hermes. Ainda segundo o repórter, o secretário enfatizou que não tem apego ao cargo.

Fernandes garantiu que irá ao Ministério Público e também à Justiça para garantir que os funcionários de sua pasta recebam o mesmo tratamento dos trabalhadores da Educação.

Ao contrário dos funcionários da Educação, que estão com os salários em dia, professores e técnicos da Ciência e Tecnologia receberam apenas a primeira das cinco parcelas do salário de janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA