Projeto coloca a Gastronomia de Nova Iguaçu em evidência

Sebrae, Prefeitura e empresários do segmento se unem para criação de um Polo Gastronômico na cidade

114

A gastronomia de Nova Iguaçu está prestes a ganhar um forte aliado: o programa Sebrae na Mesa. O objetivo é melhorar a estrutura organizacional e administrativa dos estabelecimentos, promover a união dos empresários e fortalecer o segmento com a criação de um Polo Gastronômico na cidade. 

O projeto será desenvolvido através de parceria do Sebrae/RJ com a Prefeitura de Nova Iguaçu, com apoio do Sindicato de Bares e Restaurantes de Nova Iguaçu, Sincovani (Sindicato do Comércio Varejista de Nova Iguaçu), CDL (Câmara de Dirigente Lojistas) e Acini (Associação Comercial e Industrial).

O programa Nova Gastronomia foi apresentado aos empresários em uma reunião que contou com a presença do vice prefeito de Nova Iguaçu, Carlos Ferreira, e da gestora estadual do Sebrae na Mesa, Louise Nogueira; conduzida por Décio Lima, coordenador da regional Baixada I do Sebrae/RJ, e Fernando Cid, secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Nova Iguaçu.

A reunião teve por objetivo sensibilizar os empresários sobre a força e a importância da criação de um Polo Gastronômico na cidade. Para Décio Lima, este primeiro encontro foi muito positivo, com expressiva participação dos empresários da cidade. “Já existe um segmento consolidado na cidade, com bares e restaurantes tradicionais. A intenção do projeto é fortalecer o segmento e dar mais visibilidade à gastronomia local”, explica Lima.

O secretário Fernando Cid também destacou a importância do segmento. “Enxergamos a gastronomia como uma atividade econômica relevante, que gera muitos empregos e renda. Faremos um plano de ação para potencializar o que já existe, investir na infraestrutura e na capacitação para consolidar e dar visibilidade à nossa Gastronomia”, disse Cid.

Os empresários que participaram da reunião aprovaram a ideia e se dispuseram a convidar outros empresários para o projeto. Um dos que apoiam a criação do Polo, é Adriano Cosme, sócio do restaurante Vikings Steak & Sandwiches, que já tem experiência como presidente do Polo Gastronômico da Tijuca.

Este projeto é uma oportunidade ímpar. Nos dá a oportunidade de nos unirmos para buscar a evolução do nosso segmento, nos qualificar para oferecer um serviço de excelência e vencer as dificuldades impostas pela crise”, disse Cosme. Morador de Nova Iguaçu, onde inaugurou a primeira unidade do Vikings, que hoje tem filiais na Tijuca e no Humaitá, no Rio de Janeiro.

A gestora estadual do projeto explicou que a ideia é trazer para Nova Iguaçu a boa experiência que o Sebrae já aplicou em outros municípios do Estado. “Vamos preparar os empresários para que eles se fortaleçam, através do associativismo e da qualificação dos gestores e trabalhadores do setor, e elaborar um planejamento estratégico para que eles se divulguem enquanto Polo Gastronômico”, afirmou Louise.

A próxima reunião deve acontecer ainda neste mês de outubro, quando deverá ser oficializada a criação do Polo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.