Indicações fazem parte de lote de 288 pessoas que vão ocupar cargos comissionados. Inativos afirmam que não receberam o salário de fevereiro. Município alega fazer ‘interlocução’ com grupos religiosos e garante pagar o que deve semana que vem.

O prefeito de Belford Roxo, Wagner do Santos Carneiro, o Waguinho (MBD), nomeou esta semana sete “assessores de assuntos religiosos” para trabalhar em seu gabinete. As indicações constam de lote de 288 pessoas contratadas em cargos comissionados, de acordo com edição do Diário Oficial do município que saiu no último sábado (16).

De acordo com fotos e comentários nas redes sociais, pelo menos três dos sete “assessores de assuntos religiosos” são pastores evangélicos. As nomeações – que não precisam de concurso – pegaram servidores de surpresa. Aposentados e pensionistas afirmam que não receberam os vencimentos de fevereiro.

Em dezembro, Waguinho gravou um vídeo prometendo se esforçar para que, em 2019, o pagamento fosse feito todos os meses no quinto dia útil. Mas inativos sustentam que não só o salário de fevereiro não caiu, como também três parcelas dos atrasados de 2016 não foram pagas, contrariando acordo do prefeito com o funcionalismo.

O que diz a prefeitura

Ao Bom Dia Rio, a Prefeitura de Belford Roxo explicou que em janeiro todos os ocupantes de cargos comissionados foram exonerados “para que alguns ajustes fossem feitos”. “Com isso, todas as secretarias ficaram com um número reduzido de funcionários. As novas nomeações servem para suprir as carências e agilizar o atendimento à população”, afirmou.

Sobre os “assessores de assuntos religiosos” do gabinete de Waguinho, a prefeitura disse que a função “é fazer a interlocução entre grupos religiosos”. “Eles atuam junto a entidades religiosas no sentido de levar suas reivindicações ao Poder Executivo. Mais de 70% da população de Belford Roxo participa de algum grupo religioso”, justificou.

O município garantiu que os salários dos servidores ativos de todas as secretarias estão em dia. “Os dos aposentados e pensionistas estão atrasados 10 dias”, admitiu. “A prefeitura já está disponibilizando recursos para que o pagamento seja normalizado até segunda-feira (25).”

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.