Marinheiro Morre em São João de Meriti

0
570

Mais um caso de violência ocorrido na Baixada fluminense, O marinheiro Marco Aurélio Pereira da Silva, de 37 anos, foi morto a tiros na frente da filha de seis anos e da companheira, Luciana Silva, em tentativa de assalto em São João de Meriti.

O casal levava a filha para almoçar quando foi abordado por criminosos. Ao ver os homens armados, a menina ficou apavorada e começou a gritar pedindo socorro. Nesse momento, um dos ladrões atirou e acertou a vítima.

Marco Aurélio ainda tentou seguir com o carro, mas acabou perdendo a consciência e bateu com o veículo. Ele chegou a ser levado para o hospital, mas morreu.

A viúva relata a dor da lembrança de ver o marido ensanguentado ao seu lado. Ela lamenta a filha ter presenciado a cena e teme que a menina possa ficar traumatizada.

— Espero que ela consiga crescer e que eu tenha forças para criá-la.

Luciana reclama da falta de segurança na bairro. Segundo ela, assaltos e roubos de carros são comuns região.

— A pessoa sai pra trabalhar e é assaltada na esquina. Parece que o povo da baixada não pode ter dignidade.

Uma perícia já foi realizada no local e imagens de câmeras de seguranças estão sendo analisadas. Dois suspeitos já foram identificados.2gu9j4d2j3_1iwdi72f7c_file

DEIXE UMA RESPOSTA