Mais da metade dos postos de saúde de Meriti estão em péssimas condições, diz prefeitura

0
61

Com dez dias de governo, o novo prefeito de Meriti, Dr. João, deu seu diagnóstico sobre o estado da Saúde na cidade:

— Está no CTI, usando aparelho respirador para poder sobreviver.

Ar-condicionado não funciona no Posto Sumaré
Ar-condicionado não funciona no Posto Sumaré Foto: Cléber Júnior / Extra

A Prefeitura garante que mais de 80% dos 30 aparelhos municipais destinados ao atendimento da população, entre postos de saúde, clínicas da família e centros especializados, estão em condições precárias. Faltam mobiliários, profissionais, remédios, insumos e até teto.

No posto do Jardim Sumaré, parte do telhado despencou. Mesmo assim, o local continua aberto, recebendo pacientes com um número bem abaixo do esperado. Anteontem, durante a manhã, foram menos de 10. Funcionários contaram que já chegaram a atender 160 em um dia, mas a capacidade seria de 300.

Prefeito vê péssimas instações em posto de saúde
Prefeito vê péssimas instações em posto de saúde Foto: Cléber Júnior / Extra

— Como que um prefeito consegue deixar isso acontecer? Vamos trabalhar para entregar isso de volta para a população — prometeu Dr. João.

O local passará por reformas, ao custo de R$ 593 mil, garantida por emendas parlamentares. O posto deverá se tornar uma unidade mista.

Desde o ano passado, o “Mais Baixada” denuncia os problemas constatados pela nova gestão. Além das promessas de reforma, o governo municipal iniciou mutirões de limpeza e pretende contratar profissionais da área.

Posto de saúde do Sumaré foi inaugurado em 2010
Posto de saúde do Sumaré foi inaugurado em 2010 Foto: Cléber Júnior / Extra

O ex-prefeito de São João, Sandro Mattos, através de sua assessoria de imprensa, respondeu que reformou 10 postos de saúde da cidade. O PAM Meriti, um dos principais do município, estava na lista, assim como algumas escolas.

Em atraso, salários serão pagos nesta quinta-feira

De acordo com a Prefeitura de Meriti, os servidores da Saúde estão sem salário desde outubro. A partir de amanhã, eles receberão a quantia relativa ao mês de dezembro, junto com profissionais de Obras. Os demais meses e o 13º salário serão pagos em parcelas, que ainda serão definidas. A dívida salarial chega a R$ 10 milhões.

PAM Meriti voltou a atender mais de 800 pacientes por dia
PAM Meriti voltou a atender mais de 800 pacientes por dia Foto: Cléber Júnior / Extra

A expectativa de receber o salário em dia já trouxe de volta médicos e enfermeiras para o PAM Meriti, uma das duas emergência da cidade.

— Em dezembro, a média de atendimento era de apenas 50 pessoas por dia. Na primeira semana de janeiro, atendemos, em média, 800 pacientes por dia — afirmou a secretária municipal de Saúde, Márcia Lucas.

Marcia Lucas é a nova secretária de Saúde da cidade
Marcia Lucas é a nova secretária de Saúde da cidade Foto: Cléber Júnior / Extra

A assessoria de imprensa da antiga administração de São João reconheceu o atraso no pagamento. Segundo o comunicado, parte dos servidores ativos estão sem salário desde novembro. Já os inativos de Educação estão sem receber desde agosto e de outras secretarias desde julho.


Extra

 

DEIXE UMA RESPOSTA