Liesa decide que nenhuma escola do Grupo Especial do Rio será rebaixada em 2017

0
11

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa) decidiu, durante reunião de emergência na tarde desta quarta-feira, que nenhuma escola do Grupo Especial será rebaixada para o Grupo de Acesso da Série A.

A decisão foi tomada em função dos acidentes envolvendo os carros da Paraíso do Tuiuti e da Unidos da Tijuca, que deixaram pelo menos 35 pessoas feridas.

Na reunião, estavam presentes diretores da Liesa e presidentes de todas as escolas de samba. A decisão foi em consenso com todos os presidentes das agremiações. As regras preveem que uma escola seja rebaixada para o Grupo de Acesso e outra, suba. Será mantida a ida de uma escola para Grupo Especial.

– Foi um entendimento entre todos os presidentes das escolas de samba. Isso (acidentes) nunca aconteceu nessa proporção na Avenida. Agora, vamos deixar a Liga se pronunciar sobre como vai ser isso (sobre as regras para 2018) – Ricardo Abrão David, presidente da Beija-Flor.

– Foi o melhor a se fazer. Foi uma fatalidade o que aconteceu – declarou o diretor de carnaval da Paraiso do Tuiuti, Leandro Azevedo.

Decisão semelhante já foi tomada pela Liesa em 2011, quando um incêndio na Cidade do Samba destruiu os barracões da Grande Rio, União da Ilha e Portela. A apuração das notas começa às 16h45.

DEIXE UMA RESPOSTA