Jovem que se gabava de ser ‘o maior 157 do Rio’ é apreendido em Caxias

Menor de 17 anos ficou conhecido em vídeo onde ameaçava policiais. Após apreensão, PMs fizeram outro vídeo em que suspeito pede desculpas.

0
230
As imagens de um jovem fazendo várias ameaças à polícia em um vídeo e se auto-intitulando “o maior 157 do Rio” têm circulado pelas redes sociais nas últimas semanas.

Desde sábado (16), no entanto, o menor de 17 anos parou de se gabar. Ele foi apreendido e os PMs que o encontraram fizeram outra gravação, em que o fazem elogiar os PMs de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a quem havia ofendido anteriormente.

“Eu vou fazer a limpa em Caxias. Todo policial que ver meu rosto vai saber que eu não tenho medo de vocês”, contava o jovem nas imagens do primeiro vídeo.

No vídeo feito por PMs, as imagens mostram o mesmo jovem, já preso dentro de uma viatura, com uma faca de cozinha, sendo obrigado a pedir desculpas aos policiais. Questionado se teria dito ser o maior “157 do Rio”, ele confirmou a declaração, mas negou o título.

“Tinha falado, moço, mas eu não sou nada”, respondeu.

O apelido de “157” é uma referência ao artigo do Código Penal que descreve o crime de assalto a mão armada. Algumas pessoas, inclusive criminosos, utilizam o número como gíria para roubos.

De acordo com os PMs do 15º BPM, eles realizavam um patrulhamento de rotina no centro da cidade quando notaram que o jovem ficou nervoso com a aproximação da viatura. Após a abordagem, encontraram uma faca e objetos que eram fruto de roubos. O jovem tem cicatrizes no rosto e os agentes também o reconheceram como sendo o autor do vídeo que circulava com ameaças até então na internet.

Os policiais militares o conduziram à 62ª DP (Imbariê – Duque de Caxias). Lá, ele foi revistado e os policiais se surpreenderam ao abrir a mochila que o jovem carregava.

“Dentro da mochila havia diversos objetos femininos, inclusive um chip de aparelho celular. Através dele nós entramos em contato com uma mulher que foi roubada por ele. A vítima foi à delegacia reconheceu o assaltante e os pertences dela”, explicou o delegado adjunto da 62ª DP, André Prates.

Depois disso, o rapaz foi encaminhado para a Vara da Infância e Adolescência de Adolescência de Duque de Caxias, onde aguarda uma decisão da justiça.

menor_157-2-baixada-fluminense

DEIXE UMA RESPOSTA