Fla acaba com jejum, volta a vencer Vasco e vai pra decisão da Taça GB

0
8

Não teve baile. Tampouco se pode dizer que foi um desfile do Flamengo.

Mas o fim do jejum de vitórias sobre o Vasco — que já durava nove jogos — e a classificação para a final da Taça Guanabara foram ingredientes suficientes para que o 1 a 0 no Raulino de Oliveira garantisse a folia rubro-negra.

— Sinceramente, foi real esse período sem ganhar do Vasco. Mas nós não entramos com esse tipo de preocupação. Vivemos um momento muito bom, tínhamos condições de vencer o jogo. A equipe foi muito inteligente, soube equilibrar razão e emoção — enalteceu Diego, autor do gol (de pênalti) e o melhor em campo.

O local e as condições em que a decisão contra o Fluminense será realizada — em que estádio e se terá torcida única ou dividida — são um mistério. Mas este é um assunto que só deve ser resolvido na quarta de cinzas. Por ora, o que resta aos rubro-negros é curtir o carnaval. Ainda invicta no ano, a equipe só volta a jogar no domingo, justamente na final da Taça Guanabara.

— Merecidamente, os dois com a melhor campanha vão fazer uma final muito equilibrada. O Fluminense é uma equipe que sabe muito o que quer — completou Diego.

Aos vascaínos, resta recolher as cinzas e mudar o foco. A equipe já tem compromisso na quarta, contra o Vila Nova, em Goiânia, pela Copa do Brasil. No Estadual, só volta a campo daqui a duas semanas, na abertura da Taça Rio.

— O que o torcedor espera do Vasco é raça e vontade. E raça e superação a gente mostrou desde o Martín lá atrás até o Thales. É isso. Agora é pegar o que for de aprendizado e continuar trabalhando — ponderou o volante Jean.

DEIXE UMA RESPOSTA