Duque de Caxias tem Câmara Mirim composta por 29 crianças que atuam como vereadores

0
287
Por aulas mais dinâmicas, médicos nos postos, ruas iluminadas… As propostas são dos vereadores mirins da Câmara Municipal de Duque de Caxias. A partir do próximo dia 11, os 29 pequenos parlamentares começam os trabalhos na primeira sessão no plenário da Casa.

Em março, 12 meninas e 17 meninos foram eleitos em sus respectivas escolas municipais. Eles foram diplomados e empossados no último dia 20, e agora representam a juventude da cidade. O mandato é de dois anos, e não cabe reeleição.

Luiza Nobre, uma das vereadoras
Luiza Nobre, uma das vereadoras Foto: Cléber Júnior / Extra/Agência O Globo

— Esse projeto já existe há 15 anos, mas foi pouco aproveitado. Ele reformula o projeto Parlamento Juvenil — explica o presidente da Câmara, Eduardo Moreira (PT), autor do novo projeto Câmara Mirim.

As sessões ocorrem uma vez por mês, sempre na segunda quarta-feira, de manhã ou à tarde, para não atrapalhar o horário escolar. A ideia é de que os novos legisladores sugiram propostas que possam ser aproveitadas pelos vereadores da Casa (veja ao lado o que dizem alguns dos 29 vereadores mirins).

David Ousmane, um dos vereadores
David Ousmane, um dos vereadores Foto: Cléber Júnior / Extra/Agência O Globo

— Queremos formar um cidadão politizado. Que essas ideias aprovadas e discutidas entre eles venham para nossa mesa diretora. Vamos filtrar e ver o que pode ser aproveitado — acrescenta Moreira.

Cerca de 50 escolas da rede participaram da eleição. Os vereadores têm idade entre 12 e 16 anos incompletos e cursam do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Na primeira sessão, também são eleitas a mesa diretora e as comissões técnicas permanente.

João Pedro Martins, um dos vereadores
João Pedro Martins, um dos vereadores Foto: Cléber Júnior / Extra/Agência O Globo

— Serão sete comissões. Nós juntamos algumas áreas, como Educação, Cultura, Saúde, Tecnologia e Lazer, na mesma comissão para ficar mais fácil para eles. Na Câmara, são 24 comissões — explica o presidente da Comissão da Câmara Mirim, o vereador Nivan Almeida (PRP).

Um dos parlamentares, Raphael Nascimento, de 13 anos, conta que seu envolvimento já vem de muito tempo e de família.

— Meu avô já foi candidato a vereador três vezes. Desde novo, sou envolvido com a política. Quero trazer melhorias para as escolas. Eu filmei motoristas de ônibus que não deixavam os estudantes entrarem e divulguei na imprensa — orgulha-se.

Raphael Nascimento, de 13 anos

DEIXE UMA RESPOSTA