Desafios nas quadras e na vida. Superação é a palavra!

Handebol adaptado tem mudado a rotina de cadeirantes

0
869
O esporte já mudou a vida de muita gente como o paratleta Júlio Cezar, que através do projeto foi descoberto no handebol em cadeira de rodas da Associação de Integração de Deficientes Físicos (Assidef), de Mesquita.

Hoje ele é atleta da Seleção Brasileira de Rugby adaptado. Mais que profissionalizar, o esporte visa recuperar o prazer de viver.

Esporte visa integrar a pessoa com deficiência e recuperar a autoestima

Foto: Divulgação

O esporte mudou a minha vida e eu posso mostrar para as pessoas que pensam em desistir de algo que não há dificuldade para que tem vontade e determinação. É só persistir”, diz Júlo.

A equipe da Baixada Fluminense treina firme e, pelo menos duas vezes por semana ( segundas e quartas na) os atletas vão à Vila Olímpica de Mesquita.

A prefeitura da cidade mantém o projeto, desenvolvido pela ASSIDEF, instituição sem fins lucrativos, que há mais de 10 anos promove a qualidade de vida e a reabilitação física de pessoas com deficiência.

DEIXE UMA RESPOSTA