Colégio estadual de São Gonçalo abre portas para seus alunos no mercado de laticínios e panificação

Jovens garantem vaga no mercado de trabalho

0
443
O Colégio Estadual Comendador Valentim dos Santos Diniz, em São Gonçalo, primeira escola de tecnologia de alimentos do Estado do Rio, vem transformando a vida de muitos jovens, a partir dos cursos de Leite e Derivados e de Panificação.

As irmãs Maíra e Maiara Labres, logo após a conclusão do Ensino Médio, em 2014, abriram o próprio negócio. Com apenas 20 anos, adquiriram experiência nas duas áreas técnicas oferecidas pela escola. Enquanto Maíra seguiu o curso de Leite e Derivados, Maiara estudou Panificação. Desde 2014, as jovens empreendedoras faturam com a produção e comercialização de bolos e doces, em São Gonçalo. O negócio cresceu tanto, que as irmãs Labres tiveram que sair da informalidade e providenciar o registro da empresa.
– O que nos impulsionou foi perceber que a gente tinha o conhecimento técnico da escola, um mercado favorável e principalmente a nossa vontade de empreender e lutar para dar certo. Foi aí que resolvemos abrir o nosso negócio. A escola também me proporcionou um estágio na França. Essa experiência foi fundamental para oferecer um serviço diferenciado aqui na minha cidade – destacou Maiara.
Dois dias após a formatura no curso Leite e Derivados, Jean Luca Valeriote, de 19 anos, recebeu a notícia da sua contratação pela Cca Laticínios, na cidade de Macuco. Jean trabalha nos laboratórios de Físico-química e Microbiologia analisando todo o leite cru que chega à empresa, bem como os produtos que vão para o mercado, como leite em pó de cabra e vaca e soro em pó.
– A escola me ajudou a descobrir a área de Laticínios; mostrou um mercado que eu não conhecia e que valoriza os seus profissionais. O meu objetivo é continuar me dedicando ao trabalho e, em 2017, cursar faculdade de Administração, Engenharia de Produção ou Nutrição, áreas que vão agregar conhecimento ao meu trabalho – comentou Jean.
Antes mesmo de concluir o curso de Leite e Derivados, o estudante Francisco Paulo Thomé, de 17 anos, já recebeu convite para trabalhar na empresa Sol a Sol, de Niterói, na produção de sorvetes.
– Fico muito feliz em receber essa proposta, num momento tão difícil que o país está passando. Foi a minha escola que abriu as portas do mercado. Agora, vou aproveitar a oportunidade, dar o meu melhor, continuar estudando e buscar o crescimento profissional – ressaltou Paulo.
O CE Comendador Valentim dos Santos Diniz, em parceria com o Grupo Pão de Açúcar, também incentiva experiências internacionais. No período de 27 de agosto a 9 de outubro, seis alunos serão contemplados com um estágio no Grupo Casino, na cidade de Saint-Étienne, na França. Os alunos Rafael Luís de Almeida Silva, Ian Rodrigues da Silva, Lucas Pereira Sá, Brena Araújo Pereira, Carolina Serra Francisco Pinel e Pablo Rodrigues foram selecionados por uma avaliação feita pelos professores que observaram a dedicação, o comprometimento e as notas.
Para o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer, o resultado obtido pelo colégio é fruto do comprometimento de toda a equipe da escola e também do apoio da Secretaria e dos parceiros.
– É esse o caminho que temos que continuar seguindo para proporcionar aos nossos alunos conhecimento, qualificação profissional e oportunidades no mercado – disse Victer.
A escola
Fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação, Secretaria de Agricultura e o Instituto Grupo Pão de Açúcar, o CEComendador Valentim dos Santos Diniz integra o Núcleo Avançado em Tecnologia de Alimentos (NATA) e oferta os cursos técnicos de Leite e Derivados e Panificação.

DEIXE UMA RESPOSTA