Alunos, professores e escolas da rede estadual de ensino receberam premiação da OBMEP 2015

Evento aconteceu nesta sexta-feira, dia 2, no Teatro Mário Lago

0
278

Nesta sexta-feira, dia 2 de setembro, 36 alunos da rede estadual de ensino, que se destacaram na 11ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Publicas (OBMEP 2015), receberam suas medalhas de prata e bronze.

O evento aconteceu no teatro Mário Lago, no Colégio Pedro II, em São Cristóvão.
obmep-gabriel-leandro-de-oliveira-portal-baixada
Um dos premiados é Gabriel de Oliveira, de 18 anos, aluno do Colégio Estadual Nuta Bartlet James, em Nilópolis. Para o jovem, a Olimpíada já faz parte do seu histórico escolar.
– Participo da OBMEP desde o 6° ano do Ensino Fundamental e esta foi a minha vez. Fui o único premiado da escola e do município, – comemorou o estudante.

obmep-leandro-felix-dos-santos-junior-portal-baixadaQuem também não ficou de fora foi o aluno Leandro Félix, do Colégio Estadual Cardoso Fontes, em Petrópolis. Com apenas 16 anos, já coleciona cinco medalhas.

– A gente deve abraçar todas as oportunidades. A Olimpíada é um grande incentivo para conhecermos um pouco mais da Matemática –, disse Leandro, que deseja cursar Engenharia da Computação.
Além dos alunos, também foram homenageados sete professores e 12 escolas da Secretaria de Estado de Educação.

Orgulhoso do resultado, o professor de Matemática, Marcos Assumpção, do Colégio Estadual Pedro Álvares Cabral, em Copacabana, explica que o prêmio tem uma grande representação.

– Além de servir de estímulo e exemplo para os nossos alunos, essa premiação é uma motivação para melhorar, cada vez mais, os meus métodos de ensino e estudo – comentou o professor.

obmep-prof-marcelo-barbosa-felix-_ce-circulo-operario-portal-baixadaDireto de Xerém, em Duque de Caxias, o professor de Matemática, Marcelo Félix, do Colégio Estadual Círculo Operário,
recebeu duas premiações. Uma como professor e outra, representando a escola, que também foi homenageada. Para o docente, só é possível chegar a esse resultado somando a dedicação dos alunos e o trabalho desenvolvido pelos professores.
– Além de incentivar os jovens a participarem de olimpíadas, mostrando a importância dos estudos, busco mobilizar os colegas de trabalho para que também estimulem suas turmas. Nós temos esse papel de mostrar todas as possibilidades aos estudantes – ressaltou Marcelo.

DEIXE UMA RESPOSTA